Conta de energia vai ficar mais cara amanhã

Nova tarifa vale a partir de amanhã para clientes da EDP Bandeirante, que atende 19 das 29 cidades da região, entre elas São José e Taubaté

Mais de 2 milhões de consumidores do Vale do Paraíba pagarão mais caro pela conta de energia elétrica a partir de amanhã.

Eles são clientes da concessionária EDP Bandeirante, cujo reajuste tarifário foi aprovado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). A empresa é responsável por 19 das 39 cidades da região, entre elas São José, Taubaté e Jacareí.

Clientes de baixa tensão (residências e pequenos comércios) terão aumento de 15,37% na tarifa da luz.

A tarifa residencial da EDP Bandeirante passa a custar R$ 0,55 por quilowatt-hora.

Consumidores de alta tensão (indústrias) pagarão a conta 17,09% mais cara. O reajuste vale até 22 de outubro de 2016.

Em outubro do ano passado, a tarifa da Bandeirante aumentou 20,60% para residências e pequenos comércios e 23,78% para a indústria. A revisão tarifária é feita anualmente, de acordo com o contrato de concessão.

A escassez de água, que afeta a geração de energia elétrica, é apontada como o principal fator para o aumento do custo de produção e, consequentemente, da conta de luz.

CUSTOS/ “O reajuste compreende uma atualização de custos de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, além dos encargos setoriais”, informou a companhia.

O aumento pegou os consumidores de surpresa.

“A conta de luz está pesando demais no orçamento”, afirmou a dona de casa Lídia Alexandre da Silva, 52 anos.

Por se tratar de alta necessidade, disse o economista Luiz Carlos Laureano, a luz obriga o corte de outros itens para não desequilibrar o orçamento.

Na loja Universo Materiais Elétricos, de São José, as 300 lâmpadas do showroom de luminárias terão custo extra para a empresa, que limita o tempo em que elas ficam acesas.

Saiba mais

Reajuste
Aneel autorizou aumento da tarifa de energia elétrica para a concessionária Bandeirante a partir de amanhã

Região
2,086 milhões de moradores de 19 cidades do Vale do Paraíba serão impactados

Casa e comércio
Os clientes de baixa tensão (residências e pequenos comércios) terão aumento de 15,37% na tarifa

Indústria
Já os consumidores de alta tensão (indústrias) pagarão a conta 17,09% mais cara

Entenda a conta
A cada R$ 100: R$ 14 (Bandeirante), R$ 34,10 (geradora), R$ 3,80 (transmissão), R$ 23,80 (encargos setoriais) e R$ 24,30 (impostos)

Fonte: Xandu Alves, Gazeta de Taubaté, 22/10/2015
http://gazetadetaubate.com.br/conta-de-energia-vai-ficar-mais-cara-amanha/